O Concurso para Polícia Federal para cargos policiais tem pré-requisitos? Entenda

concurso-para-policia-federal

Você está considerando se candidatar ao concurso para polícia federal para cargos policiais como Agente, Escrivão, Papiloscopista ou Delegado? Se sim, é essencial entender todos os pré-requisitos necessários antes de iniciar sua preparação. Este concurso é um dos mais competitivos e cobiçados do Brasil, e estar bem informado sobre o que é exigido pode fazer a diferença entre realizar seu sonho e ter que esperar pela próxima oportunidade. 

Neste artigo, vamos desvendar todos os requisitos que você precisa conhecer. Prepare-se para uma conversa esclarecedora sobre como você pode se preparar para atender a todas as exigências deste prestigiado concurso!

prova de concurso para policia federal
Descubra como se preparar para o concurso para polícia federal com nossas dicas de estudo. | Foto: Freepik.

Como é o concurso para Polícia Federal para cargos policiais?

O concurso para polícia federal é conhecido por sua rigorosidade e exigência, sendo uma das seleções mais concorridas do serviço público brasileiro. Entender sua estrutura e o que esperar durante o processo seletivo é crucial para qualquer candidato sério. 

Confira os principais aspectos deste concurso.

Etapas do Concurso para Cargos Policiais da PF

O concurso da Polícia Federal é composto por várias fases, cada uma desenhada para testar diferentes competências dos candidatos:

  • Prova Objetiva: Esta é a primeira etapa e talvez a mais desafiadora. Inclui questões de múltipla escolha sobre conhecimentos gerais e específicos, abrangendo temas como Língua Portuguesa, Informática, Raciocínio Lógico, Atualidades, além de Direito Constitucional, Administrativo, Penal, entre outros, dependendo do cargo pretendido.
  • Prova Discursiva: Para cargos específicos, há também uma prova discursiva que geralmente envolve a redação de textos jurídicos ou elaboração de pareceres técnicos.
  • Teste de Aptidão Física: Os candidatos que passam nas provas escritas são convocados para o teste físico, que inclui exercícios de barra fixa, corrida, natação e abdominal, medindo a capacidade física necessária para o cumprimento das funções do cargo.
  • Avaliação Psicológica: Essencial para determinar a compatibilidade do perfil psicológico do candidato com as exigências do cargo, essa fase consiste em testes psicotécnicos e entrevistas com psicólogos.
  • Exames Médicos: Examinam a saúde física dos candidatos, assegurando que estão aptos a suportar o rigor físico da profissão.
  • Avaliação de Títulos: Uma fase que ocorre para alguns cargos, onde diplomas e certificações relevantes podem agregar pontos ao perfil do candidato.
  • Investigação Social e Funcional: Esta fase verifica o histórico de vida pregressa e atual do candidato, avaliando sua conduta moral e social, indispensável para a atuação na segurança pública.
  • Curso de Formação Profissional: Os aprovados nas etapas anteriores são convocados para o curso de formação, que é realizado na Academia Nacional de Polícia, em Brasília. Este curso é intensivo e aborda tanto aspectos teóricos quanto práticos da função policial.

Preparação para o Concurso da PF

Preparar-se para o concurso da Polícia Federal exige uma combinação de estudo teórico, preparação física e mental. 

Embora a maioria dos cursinhos preguem que é necessário se dedicar por anos, com comprometimento de pelo menos 2 horas por dia e um método de estudos (passo a passo) que funcione, é possível estar preparado em menos de 1 ano.

Além disso, é recomendável que os candidatos acompanhem notícias recentes e se mantenham atualizados sobre mudanças nas leis e na sociedade, pois estas são frequentemente refletidas nas questões das provas.

O concurso para polícia federal é uma porta de entrada para uma carreira prestigiada e desafiadora, que exige um alto nível de dedicação e preparação dos seus aspirantes, assim como uma porta de entrada para contribuir com a sociedade, seguir uma carreira na qual se orgulhe, ter estabilidade e segurança financeira.

Quais são os pré-requisitos para o concurso?

Se você está considerando o concurso para polícia federal, é fundamental conhecer os pré-requisitos exigidos para garantir que você está qualificado para participar. Esses requisitos são estabelecidos para assegurar que todos os candidatos possuam as qualificações básicas necessárias para as responsabilidades do cargo. 

Aqui estão os principais pré-requisitos que você precisa atender:

  • Nacionalidade Brasileira: É necessário ser brasileiro nato ou naturalizado para se candidatar a qualquer cargo na Polícia Federal.
  • Idade Mínima: Os candidatos devem ter pelo menos 18 anos de idade no momento da posse. Não há idade máxima específica, mas os requisitos físicos e as etapas do concurso podem naturalmente favorecer candidatos mais jovens.
  • Escolaridade: Dependendo do cargo, é exigido diploma de nível superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Os cargos mais comuns como Agente, Escrivão e Papiloscopista exigem diploma em qualquer área de formação, sendo aceito inclusive tecnólogos, enquanto para o cargo de Delegado é necessário ter formação em Direito. Pela quantidade de dúvidas em relação ao Tecnólogo, eu gravei um vídeo explicando tudo sobre isso, pode clicar aqui para assistir: 
  • Aptidão Física: Todos os candidatos devem passar por testes de aptidão física que incluem provas de resistência aeróbica, força muscular e flexibilidade, conforme detalhado no edital do concurso.
  • Saúde Mental e Física: Os candidatos devem ser considerados aptos em exames médicos e psicológicos. Esses exames são rigorosos e destinam-se a verificar se o candidato possui capacidade física e mental para suportar as demandas do cargo.
  • Idoneidade Moral e Reputação Ilibada: É realizada uma investigação social para verificar o histórico de vida do candidato. Não podem ter antecedentes criminais e devem demonstrar conduta pessoal e profissional irrepreensíveis. Assista ao vídeo “como não reprovar na investigação social” que gravei e disponibilizei no meu canal do Youtube:
  • Carteira Nacional de Habilitação: Para alguns cargos, especialmente os que envolvem operações de campo, é necessário possuir carteira de motorista válida, no mínimo categoria “B”, até a data da posse.

Esses pré-requisitos são projetados para garantir que os futuros membros da Polícia Federal possam realizar suas funções com competência e segurança. É crucial que os candidatos interessados revisem o edital do concurso cuidadosamente para compreender todos os requisitos específicos e preparar-se adequadamente para o processo seletivo.

Conhecer e entender esses pré-requisitos não só ajuda a confirmar sua elegibilidade para o concurso polícia federal, mas também direciona sua preparação para que se alinhe com as expectativas e exigências do cargo.

Como se preparar para os cargos policiais da PF?

Preparar-se para o concurso para polícia federal é um desafio que exige dedicação, estratégia e muita disciplina. A natureza competitiva e a complexidade das etapas envolvidas demandam um planejamento cuidadoso e uma abordagem multifacetada. Por isso a importância de 2 elementos fundamentais: comprometimento e método.

Aqui estão algumas dicas essenciais para ajudar você a se preparar efetivamente para este prestigiado concurso.

1. Entenda o Edital

O primeiro passo é familiarizar-se completamente com o edital do concurso. O edital contém todas as informações cruciais, como datas importantes, conteúdo das provas, critérios de avaliação e requisitos específicos. Conhecer cada detalhe do edital ajudará a orientar sua preparação e evitar surpresas desagradáveis. Por isso, sempre recomendo aos meus mentorados baixar o edital que está publicado ou o último edital do concurso e ler na íntegra, prestando muito atenção.

2. Elabore um Plano de Estudos

Com base nas informações do edital, elabore um plano de estudos que seja compatível com a sua rotina, de no mínimo 2 horas por dia e no máximo 4 horas e 30 minutos. Divida seu tempo entre as diferentes matérias, priorizando áreas nas quais você tem mais dificuldades e as de maior peso na prova. É importante ser realista em relação ao tempo disponível, afinal de contas o melhor plano de estudos é aquele que você pode cumprir. Não esqueça de incluir pausas para descanso para evitar o esgotamento.

3. Método e Material Direto ao Ponto

Investir em um método testado e validado que já foi utilizado por outros concurseiros vale a pena não só para ter um direcionamento mais certeiro como também para encurtar o seu tempo e acelerar a sua aprovação.

Procure por métodos que além do direcionamento te proporcionem um suporte adequado e materiais próprios direto ao ponto, para que não perca tempo estudando o que não será cobrado, e para que não esteja sozinho nessa caminhada da preparação.

4. Prática Consistente com Simulados

A prática regular com simulados e provas anteriores é essencial. Isso não apenas ajuda a consolidar o conhecimento, mas também permite que você se acostume com o formato da prova e gerencie melhor o tempo durante o exame real. Faça simulados quinzenalmente e analise seus erros cuidadosamente para entender onde você pode melhorar.

5. Preparação Física e Psicológica

Não subestime as provas físicas e a avaliação psicológica. Mantenha uma rotina regular de exercícios físicos para atender aos requisitos do teste de aptidão física e considere práticas de bem-estar mental, como a meditação, para gerenciar o estresse e a ansiedade típicos desse período de preparação intensa.

6. Participe de Grupos de Estudo

Interagir com outros candidatos em grupos de estudo pode proporcionar suporte emocional e motivacional. Esses grupos permitem a troca de conhecimentos, dicas e recursos, além de serem um bom meio para manter a disciplina através de encontros regulares.

7. Mantenha-se Atualizado

Por fim, mantenha-se informado sobre quaisquer atualizações ou alterações no concurso, seja através do site oficial ou de plataformas confiáveis de notícias. Acompanhar as tendências atuais e mudanças na legislação também é crucial, pois isso pode influenciar o conteúdo da prova.

A preparação para o concurso da polícia federal exige um compromisso a longo prazo e uma abordagem estratégica. Ao seguir estas dicas, você estará melhor equipado para enfrentar os desafios deste processo seletivo e aumentar suas chances de sucesso.

Quanto ganha um concursado da Polícia Federal?

Um dos grandes atrativos do concurso para polícia federal é a remuneração oferecida, que está entre as mais altas no serviço público brasileiro. Ela pode variar de acordo com o cargo, a experiência e a localização, mas, de maneira geral, é reconhecidamente competitiva.

Estrutura Salarial

A remuneração inicial para os cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista da Polícia Federal é de aproximadamente R$12.000,00 mensais. Já para o cargo de Delegado, a remuneração inicial pode superar os R$23.000,00, considerando os benefícios e adicionais por tempo de serviço e especialização. 

Essa remuneração já está desatualizada, informar o que eu falo nesse vídeo aqui abaixo, e inserir o vídeo como consulta também:

Vale ressaltar que os membros da Polícia Federal também podem receber adicionais por trabalho noturno, insalubridade, periculosidade e outros incentivos legais.

Benefícios Adicionais

Além da remuneração, os servidores da Polícia Federal têm direito a uma série de benefícios, como auxílio-alimentação, auxílio-saúde, e planos de previdência complementar, entre outros. Esses benefícios contribuem para a atração e retenção de profissionais qualificados.

Progressão e Promoções

A carreira na Polícia Federal também oferece boas oportunidades de progressão, com aumentos progressivo da remuneração e promoções baseadas em mérito, tempo de serviço e qualificações adicionais. Isso significa que, ao longo do tempo, um servidor pode, significativamente, aumentar sua remuneração inicial.

Entender a estrutura salarial e as perspectivas de carreira na Polícia Federal pode ser um grande motivador para os candidatos. Além de ser uma profissão de prestígio e com significativo impacto social, oferece também uma remuneração que reflete a importância e a complexidade das responsabilidades assumidas.

Se você está considerando se candidatar ao concurso para polícia federal e quer estar bem preparado para alcançar uma dessas posições, não deixe de conferir nosso eBook sobre os 03 Pilares da Aprovação na Área Policial em Menos de 1 Ano, e siga o passo a passo à risca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *