Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF): quanto ganha? Quais benefícios possui? Entenda

polícia-federal-PF-e-polícia-rodoviária-federal-PRF-quanto-ganha-quais-benefícios-possui-entenda

As carreiras na Polícia Federal (PF) e na Polícia Rodoviária Federal (PRF) são altamente valorizadas e oferecem oportunidades desafiadoras para aqueles que desejam atuar na área de segurança pública. 

Neste artigo, exploraremos a remuneração, benefícios e perspectivas de crescimento para os cargos policiais dessas instituições. Vamos conhecer os detalhes e entender o que torna essas carreiras tão atrativas.

polícia-federal-PF-e-polícia-rodoviária-federal-PRF-quanto-ganha-quais-benefícios-possui-entenda
Entenda mais sobre a Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal. Foto: Freepik.

Quanto ganham os policiais da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF)?

Com o reajuste salarial firmado pelo governo federal, algumas carreiras na PF e na PRF chegarão, em 2026, a um valor de remuneração de R$41 mil mensais. Isso será o caso dos delegados no fim da carreira. O menor valor após as correções será o de entrada na PRF, de R$12,2 mil.

Aqui estão os valores detalhados para cada cargo:

Delegados e Peritos da PF:

  • Especial: R$41,3 mil
  • Primeira classe: R$ 5,3 mil
  • Segunda classe: R$30,8 mil
  • Terceira classe: R$27,8 mil

Escrivães, Agentes e Papiloscopistas da PF:

  • Especial: R$25,2 mil
  • Primeira classe: R$19,6 mil
  • Segunda classe: R$16,7 mil
  • Terceira classe: R$14,7 mil

Polícia Rodoviária Federal (PRF):

  • Policiais rodoviários federais: Teto: R$23 mil; Piso: R$12,2 mil

Benefícios oferecidos aos agentes da PF e PRF

Além da remuneração atrativa, os agentes da PF e da PRF desfrutam de uma série de benefícios e vantagens:

  1. Auxílio-alimentação e auxílio-creche: Os valores são de R$458,00 e R$321,00, respectivamente, para os policiais rodoviários federais. Esses benefícios ajudam a complementar a remuneração e a garantir o bem-estar dos servidores e suas famílias.
  2. Jornada de trabalho flexível: Embora a carga horária seja de 40 horas semanais, muitas vezes os policiais rodoviários federais trabalham em escalas de plantão, com 24 horas de trabalho por 72 horas de folga. Isso permite maior flexibilidade e descanso adequado entre os turnos.
  3. Gratificações e Indenizações: Além do valor base, os agentes recebem gratificações por atividades de risco e operações especiais. Também há indenizações para trabalho voluntário durante repousos remunerados em situações emergenciais.
  4. Trabalho sem rotina: A atividade desses servidores não possui uma rotina específica. Suas funções vão desde fiscalizar o trânsito nas principais rodovias do país até participar de operações de combate ao trabalho escravo e apreender drogas.
  5. Localidade: Após a colocação no curso de formação profissional, os agentes podem escolher seu posto de trabalho. Inicialmente, são lotados em locais fora dos grandes centros, mas, após um determinado período, podem pedir remoção para uma cidade específica.
  6. Estabilidade e paridade: Os servidores da PF e da PRF adquirem estabilidade após três anos de efetivo exercício. A paridade salarial e a integralidade após a aposentadoria também são garantidas

Requisitos e processo de seleção para ingressar na PF e PRF

Confira:

Polícia Federal (PF):

  1. Escolaridade exigida: O cargo de policial federal exige o certificado de nível superior, em nível de graduação, em qualquer área de formação em instituição reconhecida pelo MEC. Isso também se aplica a certificados de nível superior obtidos em instituições estrangeiras, desde que reconhecidos pelo MEC.
  2. Curso tecnólogo: O certificado de curso tecnólogo também é aceito para ingresso na carreira de policial rodoviário federal, desde que obedeça às diretrizes estabelecidas na Resolução CNE/CP 3 de 18 de dezembro de 2002.
  3. Idade máxima: Não há limite de idade para participar do concurso da PF.
  4. Necessidade de carteira de habilitação: Para concorrer a uma das vagas para o cargo de policial rodoviário, é necessário apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para conduzir veículos automotores de, no mínimo, categoria “B”, que permite a condução de veículos de quatro rodas.
  5. Remuneração durante o curso de formação: Durante o curso de formação, os candidatos recebem uma bolsa-auxílio.
  6. Exames médicos requisitados: Os candidatos passam por avaliações médicas para verificar a aptidão física e mental.
  7. Não possui limite de idade e nem exigência de altura. 

Polícia Rodoviária Federal (PRF):

  1. Escolaridade exigida: O cargo de policial rodoviário federal exige nível superior em qualquer área de formação.
  2. Idade máxima: Não há limite de idade para participar do concurso da PRF.
  3. Necessidade de Carteira de Habilitação: É necessário apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão para conduzir veículos automotores de, no mínimo, categoria “B”.
  4. Remuneração durante o curso de formação: Durante o curso de formação, os candidatos também recebem uma bolsa-auxílio.
  5. Exames médicos requisitados: Assim como na PF, os candidatos passam por avaliações médicas para verificar a aptidão física e mental.
  6. Não possui limite de idade e nem exigência de altura. 

Processo de seleção

O processo de seleção para ingressar na Polícia Federal e na Polícia Rodoviária Federal é rigoroso e composto por várias etapas. A aprovação em cada etapa é eliminatória e classificatória. Vejamos as etapas comuns a ambos os concursos:

  1. Inscrição: Os candidatos devem se inscrever no concurso por meio do site da respectiva instituição.
  2. Prova objetiva: Avalia conhecimentos gerais e específicos dos candidatos por meio de questões de múltipla escolha.
  3. Prova discursiva: Avalia a capacidade de raciocínio e argumentação dos candidatos por meio de questões dissertativas.
  4. Exame de aptidão física: Composto por testes de resistência física para avaliar a capacidade física dos candidatos.
  5. Exame médico: Avalia a saúde física e mental dos candidatos por meio de exames clínicos.
  6. Avaliação psicológica: Realiza testes psicológicos para avaliar a personalidade e aptidão dos candidatos.
  7. Investigação social: Entrevistas e consultas a órgãos públicos para avaliar a idoneidade moral dos candidatos.

Os candidatos aprovados em todas as etapas são convocados para o curso de formação, que é realizado pela respectiva instituição. Se você busca uma carreira desafiadora e significativa na área de segurança pública, considere explorar essas oportunidades!

confira-as-perspectivas-de-carreira-na-polícia-federal-e-polícia-rodoviária-federal
Confira as perspectivas de carreira e oportunidades de crescimento nas áreas. Foto: Freepik.

Perspectivas de carreira e oportunidades de crescimento na PF e PRF

Veja quais são:

Polícia Federal (PF):

Concursos e ascensão profissional:

  • O concurso de Polícia Federal é um dos mais aguardados e concorridos do país. Atualmente, há 585 vagas para agente da Polícia Federal.
  • A PF oferece um plano de carreira estruturado, permitindo que os servidores avancem em suas funções com base em mérito e antiguidade.
  • Os aprovados são convocados para o curso de formação, que é realizado pela própria instituição. Durante esse período, os candidatos recebem uma bolsa-auxílio.

Especializações e capacitação contínua:

  • Os agentes da PF têm acesso a cursos de especialização e capacitações frequentes. Isso permite o desenvolvimento contínuo de habilidades e competências.
  • A instituição valoriza a atualização constante dos conhecimentos, especialmente em áreas como investigação, inteligência e combate ao crime organizado.

Polícia Rodoviária Federal (PRF):

  • 4.902 vagas estão disponíveis para a Polícia Rodoviária Federal.

Plano de carreira e benefícios:

Assim como na PF, a carreira na PRF também é marcada por um plano de carreira claro, com oportunidades de progressão baseadas em mérito e antiguidade.

Além da remuneração atrativa, os Policiais Rodoviários Federais têm acesso a benefícios como auxílio-alimentação, auxílio-creche e outros adicionais.

Atuação multidisciplinar e desafios constantes:

Os Policiais Rodoviários Federais desempenham um papel crucial na segurança viária e no combate ao crime nas estradas brasileiras. Suas atribuições incluem fiscalização de trânsito, atendimento a acidentes, combate ao contrabando, resgate de animais, entre outras atividades.

A diversidade de situações enfrentadas torna a carreira dinâmica e desafiadora.

Capacitação e especialização:

A PRF investe na capacitação de seus agentes, oferecendo treinamentos específicos para áreas como direção defensiva, primeiros socorros e abordagem policial.

A busca por conhecimento é incentivada, e os policiais têm acesso a cursos de aperfeiçoamento e atualização.

Novas vagas nos concursos para PF e PRF

Recentemente foram solicitadas 7.309 novas vagas para diversos cargos na Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, sendo 1.170 para o administrativo da Polícia Federal, 585 para agente da PF, 222 para delegado, 195 para psicólogos da Polícia Federal, 4.902 para Polícia Rodoviária Federal e 235 para o administrativo da PRF.

As carreiras na PF e na PRF oferecem não apenas uma remuneração atrativa, mas também benefícios, estabilidade e a oportunidade de contribuir significativamente para a segurança e o bem-estar da sociedade. Se você busca uma carreira

Se você tem interesse em prestar algum concurso público de Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, você precisa conhecer o nosso eBook: 03 Pilares da Aprovação na Área Policial em Menos de 1 Ano. Obtenha os melhores resultados no processo seletivo contando com a ajuda do Visão e Foco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *