Estudos para concurso público: 6 passos para potencializar e sair na frente dos concorrentes

Tempo de leitura: 9 minutos

Se você está prestes a iniciar seus estudos para concurso público já deve saber de antemão que a tarefa que tem pela frente não é das mais fáceis. É preciso estudar muito para conseguir uma dessas vagas tão disputadas. 

Não pode ler agora? Ouça a matéria:

 

Mas de nada adianta estudar muito se você não aproveitar esses estudos e assimilar o conteúdo. Infelizmente, muitas pessoas, na ânsia de passar ou de mostrar que fizeram a sua parte, acabam estudando além da conta ou de forma completamente desorganizada, vão nervosas para a prova e acabam fracassando.

Para evitar que você transforme a sua maratona de estudos para concurso público em uma sessão de tortura, preparamos este guia com algumas dicas de como estudar melhor, de forma mais coesa e organizada para alcançar aquele tão sonhado cargo público.

1 – Organize o conteúdo e acompanhe sua evolução

Você sabe o dia da prova e sabe o quanto precisa estudar, então nada melhor do que dividir esse conteúdo de estudos para concurso público dentro do tempo disponível. Fazendo isso, você traça um cronograma de estudos e consegue, dia a dia, acompanhar sua evolução.

Assim, você evita aquela tão famosa procrastinação e não começa a entrar em desespero ao notar que não será possível cobrir todo o conteúdo dentro do tempo estipulado. Ao se organizar, caso o tempo esteja escasso, priorize as matérias mais difíceis ou as mais importantes para o concurso escolhido. Se algo precisar sobrar, que seja o conteúdo menos relevante possível.

Para acompanhar a sua evolução, faça checklists diários do seu progresso no seu edital verticalizado, marcando os itens já terminados e sublinhando aqueles que estão atrasados. Essa conferência também o ajudará a perceber se a quantidade de material separado para cada dia está correta e fazer os ajustes necessários.

Exemplo de edital verticalizado que produzimos e utilizamos em nossos treinamentos para estudos para concurso público

Clique na imagem acima ou aqui para visualizar em alta resolução

Muitas vezes, com uma organização bem feita, o estudante pode até encontrar algum tempinho sobrando para usá-lo em mais estudos ou até para períodos de descanso ou lazer.

Se você ainda tem dúvida de como se organizar, ou montar sua rotina de estudos, assista ao vídeo abaixo:

2 – Coma e durma

Seja ser engraçado o tópico. Mas ter um sono de qualidade e uma alimentação saudável potencializa nossa produtividade e alta performance. A ansiedade e a desculpa da falta de tempo fazem com que muitas pessoas acabem estudando demais e se esqueçam duas das necessidades básicas do corpo humano: o sono e a alimentação.

Estaria tudo bem se esses itens pudessem realmente ser postergados, mas, infelizmente, não é assim que o nosso corpo funciona. Ao se privarem de sono e alimentação adequada durante seus estudos para concurso público, muitos não percebem que estão fazendo mais mal do que bem a si mesmos.

Ficar sem dormir pelo menos seis horas por noite prejudica o rendimento dos estudos, deixa a pessoa mais irritada e com menos capacidade de concentração, além de cobrar um preço muito alto na parte da memória, item essencial para o estudante de concursos. Abrindo um parêntese aqui, salvas exceções por algumas particularidades específicas, com meu supervisionamento de perto e em curtíssimo espaço de tempo conseguem 4 horas e meia a 5 horas de sono por noite.

Se você não faz parte dessas exceções, siga a regra geral, e respeite o seu ciclo de sono (tema muito bem explicado no curso T7S e nas turmas, mas só para você ter uma breve noção, cada ciclo leva em média 90 minutos), ou seja, mantenha 6 horas de sono, ou 7 horas e meia. Ou ainda, utilize algum aplicativo que possa controlar isso para você.

Estudos para concurso público: 6 passos para potencializar e sair na frente dos concorrentes

Clique na imagem acima ou aqui para visualizar em alta resolução

Agora que já falamos sobre dormir, vamos falar sobre comer. Deixar de comer ou fazê-lo de forma errada também são prejudiciais. Em época de estudos para concurso público, eu sei que todos desejariam bater a comida no liquidificados deixar em garrafinhas, e apenas beber enquanto estuda para ganhar tempo – risos, mas acredite, o ideal é comer alimentos leves em intervalos de três horas e seguir de fato uma alimentação saudável que potencialize sua energia, clareza mental, memória e outros.

Ficar sem comer pode trazer prejuízos para a produtividade, fraqueza, diminuir a resistência e facilitar a contração de doenças. Comer muito nas refeições também atrapalha, pois o corpo ficará sonolento, dedicando-se à digestão e isso atrapalhará os estudos.

Lembro de uma live que fiz com a Nutri-Coach Priscilla Rocha, ela deu 5 dicas sensacionais de alimentação para turbinar nossos estudos, e vou deixar aqui abaixo a retransmissão para você assistir e já incluir essas dicas em sua alimentação:

3 – Mentoria, coaching e treinamento

A mentoria nada mais é do que procurar por um profissional que já trilhou esse caminho, já alcançou esses objetivo, e que sabe exatamente o caminho das pedras, o que fazer, o que não fazer, e assim pode verdadeiramente orientar e ajudar outras pessoas a conseguirem seus objetivos mais rápido com técnicas e estratégias de estudos como planejamento, aprendizagem acelerada e outros.

Já o coach é um profissional especializado com formação específica em coaching que irá utilizar ferramentas de desenvolvimento humano para acelerar resultados, potencializar seus pontos fortes, eliminar pensamentos negativos ou sabotadores, como as crenças limitantes, reprogramar sua mente para vencer o medo, a ansiedade, a pressão, e ainda trabalhar a sua cabeça para que você mantenha uma postura adequada de estudos sem prejudicar as outras áreas da sua vida.

Por isso eu falo, aqui no Visão & Foco trabalhamos tanto o coaching quanto a mentoria, uma combinação perfeita que tem ajudado milhares de pessoas nessa caminhada e ainda acelerado diversas aprovações.

Caso queira entender melhor esse assunto e não ser enganado pela indústria do concurso público, sugiro que leia meu outro artigo: Coaching em Concurso Público: 3 motivos para você contratar quem já foi aprovado – clique aqui.

4 – Busque editais verticalizados

Dependendo do tipo de concurso escolhido, será necessária a leitura de blocos e mais blocos de texto, o que será extremamente cansativo e tedioso, culminando em um desinteresse natural nos estudos.

Além do mais, a prova nada mais é que uma seleção de questões de um banco de dados que contempla todo seu edital. Por isso, não fique apenas na parte teórica: faça (e refaça) exercícios para entender como as provas funcionam, como a banca cobra aquele assunto, e para aguçar a sua habilidade em encontrar as respostas corretas e despistar o tédio.

Para facilitar, busque editais verticalizados, assim você aprimora aquele seu cronograma básico para algo muito mais profissional e tem a certeza de estar seguindo o caminho correto.

Para um melhor efeito, intercale os seus estudos para concurso público teóricos com os práticos, sempre respeitando o cronograma de conteúdo estipulado. Assim, você consegue assimilar melhor o conteúdo estudado e fica mais preparado para aplicar esse conteúdo na prática, na hora da prova.

Depois de muitos anos acompanhando concurseiros, eu desenvolvi uma técnica chamada A regra do 1/3 para resolução de questões, ela funciona assim:

Estudos para concurso público: 6 passos para potencializar e sair na frente dos concorrentes

Essa regra pode ser adaptada para 20 min + 20 min + 20 min, caso você disponha de fatias de tempo de 1 hora e não de 1 hora e meia. Essa regra é o mínimo aceitável para resolução de questões.

Com edital aberto, e depois do meu coachee e aluno ter estudado tudo e revisado, eu aumento para 50% do tempo para estudo, mais focado em revisões, e 50% do tempo para fazer (e refazer questões).

Atenção, não se baseie em quantidade, quantidade é pura métrica de vaidade, se baseie em tempo, e nesse tempo priorize a qualidade do seu estudo a partir de questões e não a quantidade de questões.

5 – Mantenha o foco

Vivemos em um mundo de distrações, fazemos muitas atividades ao mesmo tempo, o que é prejudicial para o rendimento nos estudos. Dentro do possível, desfoque de tudo o que possa te distrair: internet, televisão, celular e até aqueles próximos de nós, como as crianças e os animais de estimação.

Transformando seus momentos de estudos para concurso público em momentos sagrados, você conseguirá cobrir mais rapidamente o conteúdo estipulado e poderá ficar menos tempo preso a essa atividade.

As distrações e a falta de foco, além de não ajudarem no rendimento, acabam passando a falsa sensação de que você passou o dia estudando e não fez mais nada.

Isso não quer dizer que você deva passar o dia todo estudando, e sim que deve se dedicar integralmente quando o fizer. Se o seu período de estudo diário é muito extenso, lembre-se de fazer paradas estratégicas.

Você já teria que fazer mesmo esses intervalos para ir ao banheiro e beber água, então deixe esse período um pouco mais prolongado e aproveite para passar um tempo com a família, fazer uma atividade de lazer ou até mesmo uma atividade física.

Após esse intervalo, você volta descansado e renovado para os seus estudos para concurso público e consegue um rendimento bem maior.

6 – Pense positivo

O pensamento humano é uma ferramenta poderosa e pode ser utilizado a seu favor. Ficar preocupado com o fracasso de outras pessoas, com as pequenas chances de aprovação ou em arrumar desculpas para caso algo der errado só fará com que os seus estudos para concurso público sejam um período de sofrimento com resultados ruins.

Use a sua força mental a seu favor, evitando sentimentos destrutivos – como a ansiedade e a depressão – que poderão surgir de uma rotina de estudos intensa. Encare essa tarefa como mais uma em sua vida e que será realizada da melhor forma possível, trazendo bons resultados.

Esse pensamento o ajudará a cumprir todos os outros passos mais facilmente e elevarão sensivelmente as suas chances de aprovação.

Quer mais conteúdos como esse? Cadastre-se aqui agora mesmo e receba tudo pelo seu WhatsApp.

4 Comentários


  1. Amei essa ideia de áudio. Muito útil para o dia a dia. Principalmente quando não conseguimos parar para ler tanto conteúdo rico em informações.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *