Ciclo de Estudo para Concurso Público + Treinamento Gratuito (Aulas e PDF)

Tempo de leitura: 12 minutos

Como funciona o ciclo de estudo é uma pergunta que vários alunos têm me feito. Logo, decidi montar um artigo explicando TUDO sobre CICLO DE ESTUDOS.

Você vai aprender de uma vez por todas como montar um plano por ciclo e render muito mais em menos tempo.

Além disso, ao longo desse artigo vou liberar um treinamento gratuito – como criar um plano de estudos em 7 passos simples – em vídeo aula e um material em PDF.

Ao longo desse artigo de ciclo de estudo vou apresentar diversos planejamentos (ATA-MF, DEPEN, TST…), assim você pode escolher qualquer um desses para adaptar a sua realidade.

Vamos nessa?

CICLO DE ESTUDOS

1-O que é um ciclo de estudo?

É um estudo focado em fatias de tempo por disciplina. Diferentemente do estudo em forma de tabela (caso não tenha visto, clique aqui), o estudo por ciclo não possui disciplinas fixas em cada dia da semana, mas sim uma carga horária fixa para cada disciplina.

Levando assim a pessoa estudar sempre dentro do tempo disponível que possuir, seja um dia 3 horas, seja outro dia 8 horas, por exemplo.

O objetivo é estudar o maior número possível de disciplinas no tempo que tiver disponível a cada dia, dedicando-se uma fatia de tempo para cada disciplina do edital escolhido para focar.

Meirelles diz: “O ciclo é composto por disciplinas que deverão ser estudadas na ordem em que aparecerem nele, independentemente do dia e da hora em que está estudando, dando continuidade de onde parou no estudo anterior. Sendo assim, caso tenha estudado até a disciplina “C” hoje, amanhã você deve reiniciar seus estudos a partir de onde parou no ciclo, ou seja, continua pela disciplina “D”, ou até mesmo o restante da “C”, se não deu tempo para terminá-la na vez anterior.”.

2-Como montar um ciclo de estudo em 2 passos?

Passo 1: Liste as matérias do seu edital / concurso;

Passo 2: Distribua uma carga horária para cada uma.

Obs1: A carga horária pode ser de acordo com seu domínio na matéria ou com o peso da pontuação da sua prova.

Obs2: Não existe uma carga horária total definida para o ciclo, aconselho no máximo 16 horas.

Exemplo 1: Concurso: ATA-MF (Ministério da Fazenda)

MATÉRIA CARGA HORÁRIA (10h)
Português 1:30
Informática 1:30
RLM 1:30
Atualidades 1:00
Gestão de pessoas 1:00
Atendimento 0:30
Ética 0:30
Administração 1:30
Regime Jurídico 1:00

Sendo assim, vamos imaginar que eu tenha 4 horas na segunda-feira, eu poderia estudar Português, Informática e 1 hora de RLM. Se na terça eu tive apenas 3 horas, continuaria os 30 minutos restantes de RLM, mais Atualidades, Gestão de Pessoas e Atendimento. Se na quarta eu não trabalhei e tive 6 horas para estudar, eu continuaria “Puxando” as disciplinas em sequência.

A ideia é justamente essa, estudar de forma cíclica de acordo com o tempo que se tem no seu dia. Seja apenas 1 hora, sejam 6 horas.

Exemplo 2: Técnico Judiciário – Área Administrativa (TST)

MATÉRIA CARGA HORÁRIA (12h)
Português 1:30
RLM 1:30
Dir. Pessoa c Defic. 1:00
Reg Int TST 1:00
Constitucional 1:00
Administrativo 1:30
Trabalho 1:30
Proc Trabalho 1:30
Orçamento Público 1:30

Listar as disciplinas, definir carga horária de acordo com a sua dificuldade já seria o suficiente, como no exemplo 1 e 2 acima.

Mas, algumas pessoas gostam de explicar o ciclo por fases, como no exemplo abaixo.

3-Ciclo de estudos com fases

Embora eu não recomende, gostaria de explicar a título de conhecimento.

ATA-MF (18 HORAS)

  0’ – 1h 1h – 2h 2h – 3h 3h – 4h
1ª FASE PORTUGUÊS ATUALIDADES
2ª FASE ATENDIMENTO RLM
3ª FASE INFORMÁTICA GESTÃO DE PESSOAS
4ª FASE ADMINISTRAÇÃO ÉTICA
5ª FASE REGIME JURID

Eu não gosto e não aplico estudo por fases em meus alunos e coachees. Às vezes acaba confundindo mais que ajudando. Sou da ideia de que “menos é mais”. Por isso, minha função é aplicar uma metodologia de estudos o mais simples e eficaz possível em você.

Metodologia essa que desenvolvi ao longo do tempo de acordo com minhas experiências, técnicas de coaching, PNL e Neurociência aplicas ao Aprendizado, Motivação e Alta Performance.

Logo, caso você seja curioso e já tenho visto Ciclo por fases na Internet de algum “Guru” dos concursos, liste em vertical as disciplinas e anote os seus respectivos tempos, e responda para mim “Ficou mais fácil de entender na Vertical? ”

Colocando na vertical o exemplo das Fases acima:

MATÉRIA CARGA HORÁRIA (18h)
Português 3:00
Informática 2:00
RLM 3:00
Atualidades 1:00
Gestão de pessoas 2:00
Atendimento 1:00
Ética 1:00
Administração 3:00
Regime Jurídico 2:00

4- Quais as vantagens do estudo em ciclo?

A-Melhor adaptação conforme sua rotina e os imprevistos que possam surgir, principalmente se trabalhar em forma de plantão ou escala.

Exemplo: Profissionais da área de saúde e segurança pública que costumam trabalhar por plantão.

B-Curto período de distância do contato com as matérias, aumentando assim o contato com a mesma disciplina.

Imagine que você tenha um ciclo de 16 horas, e estude 4 horas por dia. Sendo assim, você acaba voltando mais rápido nas disciplinas (Não necessariamente nos mesmos conteúdos) do que se estudasse apenas por tabela (contato na maioria das vezes 1 vez por semana).

5-Qual a principal desvantagem do estudo por ciclo?

  • Exige maior nível de disciplina e comprometimento.

O planejamento por ciclo dá liberdade e autonomia de horários ou carga horária diária, se é bom para quem possui uma rotina variável ou trabalha por plantões, isso é péssimo para quem ainda está fazendo do estudo um hábito e consequentemente, possui dificuldade com a disciplina (e força de vontade).

Levamos em média cerca de 66 dias para forma um novo hábito, ou seja, o estudo ou qualquer outra atividade que deva se tornar rotina em nossa vida no início vai exigir mais disciplina e força de vontade. Após formado o hábito, essa disciplina e força de vontade não precisa mais exigir tanto, pois a rotina por si só cuidará da constância e frequência.

O que quero dizer é, se você está iniciando agora no mundo dos concursos, e fazendo do estudo um hábito (que leva cerca de 2 meses e não de 1 mês como muitos ensinam), talvez seja melhor optar pelo Plano de Estudo em Tabela.

Aqui no Visão & Foco, nas turmas que eu treino, eu aplico Plano de Estudo em Tabela (clique aqui e veja artigo explicativo completo), e somente quando o aluno (coachee) está com o hábito bem formado e consistente pensamos em aplicar um Plano por Ciclo (confesso que são casos bem excepcionais).

6-Como se estuda por ciclo?

1-Inicie o ciclo, pela primeira matéria.
2-Use cronômetro (de preferência conciliado com a técnica pomodoro adaptada – 3 tempos de 30 minutos).
3-Ao finalizar a carga horária de estudo (exemplo: 4 horas diárias), marque exatamente em qual matéria parou e nessa matéria qual tópico do edital verticalizado parou, para que no próximo dia continue o ciclo.
4-No dia seguinte, retorne do ponto em que parou.

Assista a esse Vídeo sobre o uso do Edital Verticalizado:

Artigo sugerido para leitura: Técnica Pomodoro – Como Produzir Mais em Menos Tempo? (Clique aqui)

7-A diferença entre plano por tabela e plano por ciclo

Antes de entrarmos nessa diferença eu gostaria de te perguntar “Para você, qual melhor plano de estudos?”

Quando me perguntam isso, eu sempre respondo “O melhor plano de estudos é aquele que você cumpre”.

É inegável que nem um plano de estudos sobrevive ao campo de batalha, mas não ter nem um é fracasso na certa.

Então vamos entender exatamente a diferença de como estudar com um plano de estudos por tabela e por ciclo.

  • Qual a diferença entre plano tabelar e plano por ciclo?

Irei utilizar como exemplo um plano de estudo para o DEPEN.

Plano por tabelaplano depen

Neste planejamento, você distribui as matérias ao longo dos dias e segue rigorosamente a matéria prevista para cada dia. Com isto, força-se uma maior disciplina em não se “fura” nem um dia. Já no plano por ciclo exige-se maior disciplina.

Por outro lado, caso ocorra um imprevisto, como problema de saúde, e você perca um dia, você ficará duas semanas sem contato com aquelas matérias previstas. Fato esse que não acontece com plano por ciclo, neste basta continuar sempre da matéria que parou.

Por exemplo, vamos imaginar que sexta-feira tive um problema e não pude cumprir o estudo, no sábado seguirei normalmente com D. Humanos, e só verei Constitucional e Administrativo na próxima sexta-feira (ou seja, duas semanas sem contato com estas). Logo, o objetivo aqui é: nunca “furar” o plano!

Se você estuda por tabela, nunca mesmo fure o seu planejamento. Não existe essa de compensar no outro dia. Para cada dia já basta o planejado. O que eu sugiro é que dependendo do imprevisto você até diminua a carga horária de cada disciplina desse dia, mas não fure!

Plano por ciclo

MATÉRIA CARGA HORÁRIA (11h)
Português 1:00
Ética 1:00
Penal Geral 1:00
Proc Penal 1:00
Constitucional 1:00
D. Humanos 1:00
Redação 1:00
RLM / Mate 1:00
Informática 1:00
Penal Especial 1:00
Leis 1:00
Administrativo 1:00
Atualidades 1:30

Exemplo: DEPEN

Este planejamento além de otimizar mais o seu estudo, permite uma maior flexibilidade de horários. Por exemplo, em um determinado dia posso ter 4 horas livres, em outro  6 horas. E a cada dia estudar o máximo (no limite da carga horária que possuo). Por isso eu indico para quem não possui uma rotina fixa de horários.

Imagine que você comece na segunda-feira com 3 horas de estudo, aqui você estudaria Poruguês, Ética e Penal Geral. Agora imagine que terça-feira você consiga 5 horas, basta continuar de onde parou: Proc Penal, Constitucional, D. Humanos, Redação e RLM. E assim por diante por todos os dias de sua preparação.

O que eu aconselho é não deixar que essa liberdade e autonomia prejudique sua disciplina. Que limite uma carga horária mínima mesmo nos seus piores dias. Por exemplo: “Eu me comprometo a estudar pelo menos 2 horas independe do que aconteça no meu dia. Eu me comprometo também a estudar o máximo que puder conforme conseguir mais horas livres no meu dia.”

Tabela x Ciclo de Estudos

ciclo x tabela

Qual o melhor plano para estudar?

“Mas Gabi, me diga, afinal de contas, qual melhor plano de estudos para ser aprovado mais rápido em concurso público?”

O melhor plano de estudos é aquele que você cumpre. Que de fato se adapta e ajusta a sua realidade, rotina, individualidade e todo seu “background”.

Sugiro que teste os 2 tipos e escolha aquele que você sinta que está rendendo mais =)

Eu sempre gostei de utilizar o plano de estudo tabelar, e quando o edital abria, nesse período de edital aberto, eu utilizava o plano por ciclos, “rodando” o ciclo de 2 a 3 vezes por semana, sendo uma vez de revisão e outra vez de questões e assim sucessivamente. (Mas isso é papo para um outro dia =D )

8-Consideração Finais

Em 2005 utilizei esse tipo de planejamento (por tabela) quando estudei para o concurso de Auxiliar Administrativo do Furnas (aprovada dentro das vagas efetivas, o concurso foi suspenso, sendo homologado em 2008, ano que fui nomeada, mas não tomei posse por já estar exercendo um cargo público – era militar de carreira, aprovada como Cabo em 2006 (posse em 2007), e recém aprovada na prova de Sargento – 2008).

Parte de uma Aula que ensino a montar um plano de Estudo por Tabela:

Clique aqui ou na imagem abaixo para baixar o arquivo utilizado na aula.

PLANO DE ESTUDO TABELAR

Com o passar do tempo, passei a utilizar este tipo de plano até “abrir” o edital do concurso que almejava, sendo o período de edital aberto o qual utiliza o plano por ciclos e totalmente voltado para resolução de questões por tópicos, cursos de exercícios e revisões (principalmente em pontos que ainda errava na resolução de questões).

Este planejamento é o modelo que adotamos como padrão em nossos Planejamentos Personalizados de Estudo, verifique:

Treinamento Gratuito – Como montar um plano de estudos em 7 passos simples

plano de estudo em 7 passos simples

Clique aqui ou no banner acima para acessar ao Treinamento Gratuito

Aula Liberada – Como montar um planejamento e estudar para a PRF


Fique atento para 2 pontos importantes:

1-Controlar em qual matéria parou, para no outro dia prosseguir daquele ponto

Imagine que você tenha 4 horas de estudo por dia. No 1º dia você concluiu: Português, Atualidades, Ética e Informática – totalizando 3:30 de estudo.

Aqui você tem duas opções: 1-Estudar 0:30 de RLM e no outro dia concluir a 1 hora restante ou 2-Estender sua carga horária fechando RLM no mesmo dia.

Eu escolheria a opção 1, mas você deve testar, se conhecer como concurseiro e praticar sempre aquilo que lhe proporciona maior rendimento.

2-Controlar em qual assunto da matéria parou

Aqui eu indico seguir a ordem do conteúdo programático do seu edital. Assim, a cada vez que voltar na mesma matéria você continua do ponto em que parou, quando chegar ao final, volte para o início.

Estude várias e várias vezes todos os tópicos de seu edital. (Esta dica vale para qualquer tipo de plano de estudos – tabelar, cíclico, etc).


COMPARTILHAR É SE IMPORTAR!

Se você gostou desse artigo, compartilhe com seus amigos, e ajude-os de uma vez por todas a entender como se organizar, planejar e estudar para concursos públicos =D

Um forte abraço! Vejo seu nome no DOU!

foto-gabi-melo


 

IMG-20160809-WA0077

2 Comentários


  1. Gabi, tudo bem linda? Eu prefiro a tabela justamente pq me “forço” a cumprir aquele dia. Mas faço um pouco diferente… eu deixo o fds livre, assim se faltar algo na semana compenso no sábado.
    Caso não exista nada a ser compensado(ideal) uso para voltar em português ( meu ponto fraco) e fazer questões aleatórias.

    ahh não encontrei artigo sobre digitação… estou na ansiedade do tj.

    bjos

    Responder

  2. Boa noite, Gaby trabalho o dia todo, é apenas me resta a noite para estudar, me programou pelo menos estudar três horas, só q tenho um bebê de um aninho que muitas das vezes acaba tirando um pouco a atenção com esse meu objetivo, mas enfim ,procuro fz questões de concursos no site qconcursos e gosto de estudar escrevendo, vejo q assim consigo pegar mais a matéria, eu copio as perguntas e anoto as respostas, uso como exemplo de resumos, gostaria de saber se estou fz correto e gostaria tb de aprender a fz mapas mentais, estarei aguardando sua resposta, obrigada e me ajude a realizar meu grande sonho!!! 🙂

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *