Coaching, Motivacional e Desenvolvimento

Série dia a dia - Conheça seu cargo público e seja um funcionário realizado e feliz!

Gabriela
Escrito por Gabriela em outubro 2, 2015
Receba toda semana nossos melhores conteúdos gratuitamente e acelere sua aprovação

JUNTE-SE A MAIS DE 35 MIL CONCURSEIROS

Fonte da imagem: Dollarphotoclub

Oi, tudo bem?

Hoje começo uma série “dia a dia” para explicar como funcionam diversos cargos na prática. Pois uma das recomendações que faço a todos concurseiros é que pesquisem sobre o cargo desejado e suas respectivas funções.

A preparação em concurso público requer muita disciplina, foco e por vezes um bom período de renúncia e abdicação. Passar por tudo isso, ser aprovado e depois não se identificar com o cargo, seria péssimo. Isso acontece muito, gerando assim frustração. Depois da frustração gerada, duas coisas podem acontecer: o novo servidor volta a estudar em busca de um novo cargo que o satisfaça melhor ou o novo servidor torna-se insatisfeito e murmurador (não quero ninguém aqui assim, ok?).

É importante entender que não existe cargo ruim, o que existe é uma relação de identificação ou não com o cargo. O objetivo dessa série não é criticar cargos ou órgãos, mas sim levar um pouco de orientação e assim motivar pessoas e ajudá-las a encontrarem possíveis atuações com maior identificação. Consequentemente, contribuindo para uma maior produtividade no Serviço Público.

Por que pesquisar sobre seu cargo antes de iniciar sua preparação é importante?

  • Ter certeza que as funções que você irá desempenhar estão alinhadas com teu propósito de vida proporcionando assim orgulho e satisfação;
  • Ter sua expectativa em relação ao cargo alcançada, de forma a não gerar frustração e nem decepção;
  • Dedicar-se a sua nova carreira e finalmente “descansar” e “curtir” sua vida, família, etc. ao invés de voltar ao “estado de concurseiro” em busca de algo que o satisfaça por não ter se informado antes quanto ao seu cargo.

Como pesquisar sobre o cargo que escolhi?

  • Ler as ATRIBUIÇÕES discriminadas no edital é fundamental. Os editais trazem a nomenclatura, o requisito, as atribuições / funções e a remuneração do cargo.

Exemplo 1: Agente Administrativo da Polícia Federal (2014)

2.2.1 CARGO 9: AGENTE ADMINISTRATIVO – CLASSE A, PADRÃO I 2.2.1.1 REQUISITO: Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. 2.2.1.2 ATRIBUIÇÕES: realização de atividades de nível médio, de grande complexidade, envolvendo a apresentação de solução para situações novas, a necessidade de constantes contatos com autoridades de média hierarquia, com técnicos de nível superior e/ou contatos eventuais com autoridades de alta hierarquia e abrangendo planejamento em grau auxiliar e pesquisas preliminares realizadas sob supervisão indireta, predominantemente técnica, visando à implementação das leis, regulamentos e normas referentes à administração geral e específica; supervisão dos trabalhos que envolvam a aplicação das técnicas de pessoal, orçamento, organização, métodos e materiais executados por equipes auxiliares, chefia de secretarias de unidades da mais alta linha divisional da organização. 2.2.1.3 REMUNERAÇÃO: R$ 3.316,77 (vencimento básico de R$ 2.043,17 + valor mínimo da GDATPF de R$ 1.273,60, sendo o valor da GDATPF variável de R$ 1.273,60 a R$ 1.592,00, dependendo da avaliação de desempenho do servidor) 2.1.4.4 JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

Exemplo 2: Agente da Polícia Federal (2014)

2.1 CARGO: AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL 2.1.1 REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação. 2.1.2 ATRIBUIÇÕES: executar investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, dirigir veículos policiais, cumprir medidas de segurança orgânica, desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas. 2.1.3 REMUNERAÇÃO: R$ 7.514,33 (sete mil, quinhentos e catorze reais e trinta e três centavos). 2.1.4 JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

Exemplo 3: Escriturário do Banco do Brasil (2015)

DENOMINAÇÃO: ESCRITURÁRIO. 2.2 – Remuneração Inicial: R$ 2.227,26 (dois mil duzentos e vinte e sete reais e vinte seis centavos). 2.3 – Requisito Básico: certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação. 2.4 – DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: comercialização de produtos e serviços do BANCO DO BRASIL S.A., atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários; redação de correspondências em geral; conferência de relatórios e documentos; controles estatísticos; atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados e execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo, compatíveis com as peculiaridades do BANCO DO BRASIL S.A. 2.5 – JORNADA DE TRABALHO: 30 (trinta) horas semanais.  2.6 – VANTAGENS: possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente; vale-transporte; vale-cultura, auxílio-creche; ajuda alimentação/refeição; auxílio a filho com deficiência; plano odontológico; assistência médica (planos de saúde) e previdência privada.

Percebam que a descrição do cargo e suas funções são detalhadas conforme a banca escolhida. No exemplo 1 e 2 a banca do último concurso foi a CESPE, já no exemplo 3 a CESGRANRIO. Independente da banca, estas informações irão existir. Fique atento.

  • Entrar em contato com servidores que trabalham no órgão e desempenham a função que você escolheu

 Você pode fazer isso de diversas formas. Parece bobo, mas eu já fiz isso, já fui em órgãos, puxei assunto falando que tinha interesse em prestar concurso e trabalhar no local, perguntei como era o trabalho, as funções, o ambiente.

Outra dica, e bem simples hoje em dia, é fazer parte de grupos nas redes sociais que troquem informações. Existem grupos de órgãos com servidores, ex-servidores e concurseiros. Ou seja, fazer uma pesquisa através das redes sociais.

Pensando nisso, entrei em contato com vários amigos meus de diversos órgãos, e frequentemente postarei aqui no blog o dia a dia de algum cargo no Serviço Público. O próximo post será sobre o dia a dia do Agente Administrativo da PF e da PRF (cargo que eu exerço atualmente).

Um forte abraço, rumo à aprovação, mas à aprovação que te faça verdadeiramente feliz!

Vejo seu nome no DOU! 

“Trabalhe com aquilo que gosta e não terá que trabalhar um dia sequer na vida.” Confúcio

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

One Reply to “Série dia a dia – Conheça seu cargo público e seja um funcionário realizado e feliz!”

Taís Mendes

Isso é muito importante. Temos que desempenhar nossa função com zelo.

Clique Aqui
Posso ajudar?
Posso ajudar?