Concurso da Receita Federal – 2083 vagas em 2018 – Informações + Edital Verticalizado

Tempo de leitura: 6 minutos

Concurso da Receita Federal. Vamos nessa?

Fala, nação concurseira, tudo bem?

Se você estuda para as áreas fiscais ou especificamente com os tão sonhados cargos da RECEITA FEDERAL, vem com a gente e leia esse artigo até o fim.

Temos um modelo de edital verticalizado para você baixar gratuitamente e muitas informações te esperando!

O pedido é para nada menos que 2.083 vagas, sendo 630 para Auditor-fiscal e 1.453 de Analista Tributário. Para a função de Assistente técnico administrativo, de nível médio, são pedidas 904 vagas.

É interessante ressaltar que, desde o concurso de 2009, a Receita Federal tem nomeado sempre uma quantidade superior ao número de vagas ofertadas em edital.

Em 2009, a Receita Federal, das 450 vagas inicialmente ofertadas, foram chamados mais 50%, de modo que o total de nomeados chegou perto de 700.

Em 2014, a Receita Federal, além dos 278 AFRFBs nomeados inicialmente, foram chamados mais 100%, ou seja, dobrou-se o número de vagas.

Somado a isso, tem-se o déficit expressivo de servidores no órgão. De acordo com o levantamento feito pelo Poder Executivo, a Receita Federal conta com nada menos que 19.789 cargos vagos.

Desse quantitativo, a maior carência é de Auditor Fiscal da Receita Federal, com 10.214 postos vagos. Já para Analista Tributário a carência chega a 9.575 vagas.

Vale lembrar que os vencimentos iniciais do Analista e de Auditor, atualizados depois que a MP-765 que foi convertida em lei, são de R$11.132,21 e R$19.669,01, respectivamente.

Concurso da Receita Federal – Sobre os Cargos

AUDITOR FISCAL

Um Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil constitui, mediante lançamento, o crédito tributário e de contribuições; elabora e profere decisões ou delas participa em processo administrativo-fiscal, bem como em processos de consulta, restituição ou compensação de tributos e contribuições e de reconhecimento de benefícios fiscais; executa procedimentos de fiscalização, praticando os atos definidos na legislação específica, inclusive os relacionados com o controle aduaneiro, apreensão de mercadorias, livros, documentos, materiais, equipamentos e assemelhados; examina a contabilidade de sociedades empresariais, empresários, órgãos, entidades, fundos e demais contribuintes.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Já as funções como vigilância em aeroportos e equipes de repreensão atuam em horários diferenciados de plantões: 24 horas de serviço com folga de 72, ou ainda, 12 horas trabalhadas com folgas de 36. Criaram-se recentemente projetos de home office, onde o auditor realiza sua função de maneira remota em casa. Embora o projeto esteja no início, acredita-se que possa ter expansão nos próximos meses.

O plano de carreira de um auditor fiscal, a partir de 2017, consiste de 9 níveis, sendo que é possível passar de um nível para o outro em apenas 12 meses, conseguindo chegar ao teto em 10 anos. Sem levar em conta os 3 anos probatórios.

Material de Estudo (Aulas e Resumos em PDF) – Gran Cursos – Clique aqui

ANALISTA TRIBUTÁRIO

As ações que competem ao Analista Tributário da Receita Federal do Brasil formam um rol de atividades importantes inerentes à função, como a análise de processos, de resultados e a previsão de arrecadação. Ele faz checagens documentais e participa da elaboração e testes de sistemas de informática que coordenam os trabalhos da Secretaria da Receita Federal. Pode atuar na área financeira, de recursos humanos e patrimônio, fazer atendimento ao público, inspecionar bagagens e desenvolver atividades administrativas de maneira geral, podendo integrar, ainda, a junta de processo disciplinar no âmbito administrativo.

Material de Estudo (PDF completo + Aulas) – Estratégia – Clique aqui

ESTRUTURA DA RECEITA FEDERAL

Com a publicação da Portaria MF nº 430, de 9 de outubro de 2017, a partir de 1º de janeiro de 2018 (data em que entrarão em vigor os dispositivos relacionados às unidades descentralizadas) a Receita Federal passará a ter 117 Delegacias, 30 Alfândegas, 42 Inspetorias e 327 Agências.

A banca costuma ser a ESAF – No certame  de 2014 as provas objetivas e discursivas serem realizadas no mesmo final de semana, evitando o deslocamento para a 2.ª fase, como ocorreu em 2010 e em 2012. A prova contou também com duas discursivas.

Qual é a nota de corte do concurso da Receita Federal?

Assim como nos concursos de todas as áreas, a nota de corte varia bastante de um concurso para outro. Devemos levar em conta vários fatores como: dificuldade da prova, preparação dos candidatos… portanto não há como estimar com precisão.

Mas neste gráfico elaborado pelo Estratégia Concursos, podemos ver a nota do 1º colocado de cada concurso, além dos classificados nas posições 50, 150 , 250 e a nota de corte para ser aprovado dentro do grupo de excedentes:

Fonte: Estratégia Concursos

Podemos ver que  o concurso de 2012 foi aquele que apresentou menor nota de corte (65%), enquanto o de 2009 foi o que teve maior nota (81%).  Por que isso aconteceu?  Em 2012, a prova objetiva foi muito pesada, principalmente  em algumas disciplinas, tendo  muitos candidatos eliminados, pois no concurso Receita Federal cada uma das disciplinas exige uma nota mínima. Quem conseguiu fazer a nota mínima em todas as provas foi aprovado e nomeado! Já imaginou você lá?

RECEITA FEDERAL – INFORMAÇÕES RESUMIDAS

Informações do Concurso Anterior:
Ano: 2012 e 2014
Edital:
Auditor Fiscal   // Analista Tributário // Assistente-Técnico Administrativo// Analista Administrativo
Banca: Escola de Administração Fazendária (www.esaf.fazenda.gov.br)

Informações do Próximo Concurso:
Data prevista: 2018
Lotações: Diversos Estados do Brasil( lembre-se do incentivo para áreas de fronteira)
Remuneração inicial:
Assistente-Técnico Administrativo: R$ 3.756,82
Analista Administrativo: R$ 4.969,02
Analista Tributário: R$ 11.181,24 (jan/2018, sem bônus)
Auditor Fiscal: R$ 20.123,53 (jan/2018, sem bônus).
Banca: provavelmente ESAF
Escolaridade: Ensino médio e Ensino Superior

Edital Verticalizado do último concurso da Receita Federal

Edital Verticalizado para Receita Federal
Edital Verticalizado para Receita Federal

Para colaborar na sua aprovação, preparamos este edital verticalizado, Tópico a tópico de cada uma das matérias. Nele você vai encontrar, de maneira simples, o foco do que estudar dia a dia, maximizando seus estudos, pondo fim à falta de organização, e ganhando orientação. Para ter acesso, basta clicar no link abaixo:

Clique aqui ou na imagem acima para baixar:

  • 4 Modelos de Planejamento de Estudos para Área Fiscal
  • Edital Verticalizado para Analista Tributário da Receita Federal
  • Edital Verticalizado para Auditor Fiscal da Receita Federal
Kit Gratuito de Planejamento para Receita Federal
Kit Gratuito de Planejamento para Receita Federal

Não sabe ainda como utilizar o edital verticalizado?

Se liga nesse vídeo que preparamos para você:

COMPARTILHAR É SE IMPORTAR!

Se esse artigo de alguma forma foi útil para você, compartilhe com seus amigos que também sonham em fazer parte da Receita Federal.

Afinal, compartilhar além de ser um ato de amor e gratidão, é também se importar =)

Abraços, Vemos seu nome no DOU!
Equipe Visão & Foco – Coaching para concursos | Gabriela Melo

2 Comentários


  1. Não baixa nada desses materiais que falam que estão disponibilizados no site. Faço a inserção das informações solicitadas corretamente e nada de baixar o material.
    Essa é a mensagem que aparece “Não foi possível enviar seus dados. Por favor, tente novamente.”
    Preciso do “4 Planos de Estudos Estratégico e Edital Verticalizado para Auditor Fiscal da Receita Federal

    Responder

  2. Poxa que pena que não conseguiu baixar. Eu baixei todos os arquivos perfeitamente! Excelente artigo! E muito grata por disponibilizar o Edital Verticalizado 😉

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *